Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Rainha Isabel II aceita suspensão do Parlamento britânico até 14 de outubro

Decisão está a ser criticada pela oposição.
Correio da Manhã 28 de Agosto de 2019 às 09:31
Boris Johnson
Boris Johnson
Boris Johnson
Boris Johnson
Boris Johnson
Boris Johnson
O governo britânico de Boris Johnson anunciou, esta quarta-feira, que os trabalhos do parlamento vão ser suspensos até 14 de outubro, duas semanas antes da data prevista para a saída do Reino Unido da União Europeia a 31 de outubro. "Os deputados terão muito tempo para debater", disse Johnson numa declaração transmitida pela televisão Sky.

A confirmação foi dada pela Rainha Isabel II durante a tarde desta quarta-feira.
PUBA notícia que o plano de Boris Johsnon foi avançado pela editora de política do jornal The Guardian, Heather Stewart, no Twitter. A decisão está a ser criticada pela oposição, porque leva a que não haja muito tempo para aprovar leis que impeçam um Brexit sem acordo, como Johnson garante que fará caso não seja alterado o acordo entre Londres e a União Europeia.

"Está na hora de que este novo governo e o novo primeiro-ministro estabelecerem um plano para o país depois que deixarmos a UE", disse igualmente fonte do governo à BBC.

Por norma, o parlamento britânico está parado cerca de três semanas - entre o final de setembro e o início de outobro-, aproveitando os partidos políticos para realizar os seus congressos anuais. 
Parlamento Governo Brexit
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)