Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Governo italiano mantém orçamento apesar das críticas de Bruxelas

"O mais importante é explicar o orçamento aos nossos interlocutores europeus", declarou o primeiro-ministro, Giuseppe Conte.
Lusa 20 de Outubro de 2018 às 18:11
primeiro-ministro de Itália, Giuseppe Conte
Giuseppe Conte
primeiro-ministro de Itália, Giuseppe Conte
Giuseppe Conte
primeiro-ministro de Itália, Giuseppe Conte
Giuseppe Conte

O governo populista italiano prometeu este sábado explicar aos parceiros europeus o orçamento para 2019, criticado por Bruxelas, e repetiu o compromisso de manter o país na zona euro.

As declarações dos dirigentes italianos foram feitas em conferência de imprensa após o conselho de ministros e surgem depois de a agência de notação financeira Moody's ter revisto em baixa, na sexta-feira à noite, a nota de Itália, passando-a de "Baa2" para "Baa3", o último nível da categoria de investimento.

"O mais importante é explicar o orçamento aos nossos interlocutores europeus", declarou o primeiro-ministro, Giuseppe Conte, enquanto os dois vice-primeiros-ministros, Matteo Salvini (extrema-direita) e Luigi Di Maio (antissistema), disseram que o país não quer renunciar ao euro.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)