Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Governo português desaconselha viagens à Tunísia

O Governo português elevou esta quinta-feira em relação à Tunísia e desaconselha as viagens para este país, onde confrontos entre manifestantes e a polícia, que já fizeram pelo menos 21 mortos, disse à Lusa fonte oficial.
13 de Janeiro de 2011 às 13:31
Alerta foi revisto "devido ao agravamento da situação no terreno"
Alerta foi revisto 'devido ao agravamento da situação no terreno' FOTO: Reuters

Segundo fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades, o alerta foi revisto "devido ao agravamento da situação no terreno", pelo que o Governo "desaconselha os cidadãos portugueses a viajarem para a Tunísia. 

A mesma fonte acrescentou que vivem oficialmente naquele país do Magrebe 120 portugueses e que, "caso seja necessário, será activado o plano de retirada da Tunísia destes cidadãos".  

Até ao momento, "ainda nenhum português pediu ajuda para sair da Tunísia e já foram todos contactados pela embaixada", acrescentou.  

A decisão de activar o plano de retirada "vai depender da evolução da situação no terreno", disse a mesma fonte.  

O Governo português tinha emitido um alerta anterior em que aconselhava os portugueses que pretendessem deslocar-se à Tunísia para que evitassem as zonas onde decorrem as manifestações e a não registarem estes protestos em imagens.  

A contestação social que abala a Tunísia desde meados de Dezembro intensificou-se no fim-de-semana com confrontos entre a polícia e manifestantes em várias cidades do país, dos quais resultaram pelo menos 21 mortos, de acordo com as autoridades tunisinas.  

Estes protestos contra o aumento do desemprego e a corrupção constituem a mais importante contestação ao regime do Presidente Zine El Abidine Ben  Ali, de 74 anos, no poder há 23.  

As autoridades tunisinas decretaram o recolher obrigatório, que teve início às 2000 locais de quarta-feira, e que foi rigorosamente observado no centro de Tunes, onde durante a última noite só circularam patrulhas da polícia.   

tunisia viagens turismo tunes governo alerta
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)