Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

GRAVAÇÃO DIVULGA CRÍTICAS DE SADDAM

Saddam Hussein volta a dar sinais de vida. Numa gravação difundida pela televisão árabe al-Arabiya no aniversário da revolução iraquiana de 1968, o ex-presidente iraquiano critica o recém-formado Conselho de Governo Transitório e apela à resistência contra a ocupação norte-americana.
17 de Julho de 2003 às 13:56
"Como é que as pessoas podem aceitar empregos para que foram nomeados pelos ocupantes estrangeiros?", questiona a voz, referindo-se aos iraquianos que integram o Conselho.
A voz na mensagem, que jornalistas familiarizados com a voz de Saddam Hussein dizem soar autêntica, acusa ainda o presidente norte-americano, George W. Bush, e o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, de terem mentido para justificar a guerra.
"Provou-se que eles diziam mentiras" sobre as armas de destruição maciça iraquianas, conclui, numa aparente alusão à recente polémica em torno das referências de Londres e Washington a alegadas tentativas do Iraque de obter urânio em África.
O Iraque comemora quinta-feira o 35º aniversário da revolução que levou o Partido Baas ao poder.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)