Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Grécia: Polícia detonou pacote enviado a ministro da Justiça

Elementos da brigada de minas e armadilhas da polícia grega detonaram esta quarta-feira ao final da manhã um envelope armadilhado dirigido ao ministra da Justiça grego, na véspera da retomada do julgamento de 13 jovens suspeitos de ataques extremistas anarquistas, indicou fonte policial.
2 de Fevereiro de 2011 às 14:06

O pacote foi interceptado pela segurança do Ministério, que o considerou suspeito e avisou as autoridades. O envelope dirigido ao ministro por uma "associação de advogados estagiários" continha explosivos, cuja natureza não foi especificada pela polícia.

A brigada encarregada de investigar o caso estabeleceu uma ligação entre este acto e o julgamento, em curso desde 17 de Janeiro, de 13 presumíveis membros do grupo Conspiração das Células de Fogo, que reivindicou em Novembro o envio de pacotes armadilhados para embaixadas e dirigentes europeus.

Das dezenas de atentados "anti-sistema", reivindicados pela Conspiração, desde que surgiu em 2008, nunca resultaram vítimas mortais.

Contudo, os pacotes armadilhados enviados por este grupo forçaram a União Europeia a rever a segurança do transporte de correio expresso.

Um dos pacotes armadilhados enviado pela Conspiração para a chanceler alemã, Angela Merkel, chegou mesmo a Berlim.

Grécia pacote explosivos ministro justiça atentado extrema esquerda
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)