Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Grécia disposta a adiar algumas promessas eleitorais

"Nós não somos populistas", disse Varoufakis.
14 de Março de 2015 às 11:33
"Nós temos um programa que tem uma duração de quatro anos", sublinhou Varoufakis
'Nós temos um programa que tem uma duração de quatro anos', sublinhou Varoufakis FOTO: Andrea Butti/EPA

O Governo de esquerda radical grego está preparado para "adiar a aplicação de algumas promessas eleitorais" de forma a devolver a confiança aos parceiros europeus, afirmou o ministro grego das Finanças, Yanis Varoufakis, citado este sábado pelo Corriere della Sera.

"Nós não somos populistas, não fizemos promessas irrealistas", afirmou na sexta-feira Varoufakis, após uma reunião de dirigentes económicos e financeiros, organizada em Cernobbio, no norte de Itália.

Varufakis acrescentou estar disposto a atrasar a aplicação de alguns compromissos eleitorais, se tal for necessário para reestabelecer a confiança dos parceiros, mas sem precisar as promessas eleitorais a que se referia.

"Nós temos um programa que tem uma duração de quatro anos", sublinhou, acrescentando: Nós queremos pagar a nossa dívida até ao fim, mas pedimos aos nossos parceiros para nos ajudarem a restaurar o crescimento da Grécia".

Yanis Varoufakis Grécia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)