Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Conheça o outro lado de Greta Thunberg: a ativista com síndrome de Asperger nascida no seio de uma família de celebridades

Mãe da jovem é uma famosa cantora de opera e o pai é conhecido do público pela sua carreira de ator.
Correio da Manhã 25 de Setembro de 2019 às 17:26
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais
Greta Thunberg: a jovem de 16 anos que enfrentou os líderes mundiais

A 20 de agosto de 2018 uma jovem sueca decidiu que não voltaria a frequentar as aulas até que o governo reduzisse as emissões de carbono, de acordo com o Acordo de Paris. Passado pouco mais de um ano, a adolescente é uma das maiores ativistas mundiais contra as alterações climáticas.

Greta Ernman Thunberg nasceu na cidade de Estocolmo, Suécia, no seio de uma família de celebridades. A mãe da jovem é uma famosa cantora de opera e o pai é conhecido do público pela sua carreira de ator.

Seguindo as pisadas dos pais, a adolescente de 16 anos tornou-se numa das mais influentes ambientalistas em todo o mundo.

Na infância, Greta foi diagnosticada com uma série de distúrbios, incluindo síndrome de Asperger, transtorno de défice de atenção, transtorno obsessivo-compulsivo e mutismo seletivo. Apesar das perturbações e de reconhecer algumas dificuldades, a jovem diz que "ser diferente é um superpoder".

Thunberg ganhou protagonismo enquanto ativista quando em agosto do ano passado se recusou a ir às aulas até que o governo da Suécia reduzisse as emissões de carbono. A jovem marcou presença em frente ao Parlamento todos os dias, durante o horário escolar com um cartaz que dizia "De greve da escola pelo clima".

Após as eleições gerais no país, Greta continuou a greve somente às sextas-feiras. A atenção incidiu sobre a jovem quando surgiram protestos semelhantes em vários pontos do mundo, seguindo o exemplo de Greta.

A adolescente serviu-se das redes sociais para consciencializar o maior número de pessoas acerca das alterações climáticas e começou a participar em diversos protestos à volta do globo.

Em dezembro de 2018, a jovem discursou na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas.

Greta Thunberg já ganhou inúmeros prémios e, mais recentemente, foi indicada para o Prémio Nobel da Paz cujo resultado será divulgado no próximo mês de Outubro.

Desde que chamou atenção do mundo, Greta tem vindo a marcar a diferença pelas diversas atitudes polémicas com o intuito de salvaguardar o meio ambiente, como por exemplo quando se recusou a viajar de avião para evitar as emissões poluentes.

A ativista discursou, na passada segunda-feira, perante os líderes mundiais na Cimeira do Ambiente na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, EUA. A assembleia foi marcada pelo seu discurso emotivo e o encontro com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)