Greve no abastecimento deixa Paris sem combustível

Centenas de bombas de gasolina em rutura total por toda a França.
Por J.C.M.|31.05.17

As autoridades apelaram ao racionamento, mas a rutura foi inevitável. A greve dos camionistas que transportam combustíveis já deixou 346 bombas de gasolina em situação de rutura total. Um cenário que se sente por toda a França, mas que é especialmente grave em Paris, onde centenas de postos se viram obrigados a encerrar.

A greve, convocada pela central sindical CGT- Transportes começou na tarde de sexta-feira e está a deixar a França parada. O sindicato exige ao patronato e ao governo uma "abertura rápidas das negociações" sobre as condições de trabalho no setor.

A greve está ser impulsionada principalmente pelos profissionais que trabalham na região da Ille de France (a Grande Paris), o que explica que seja aí que os efeitos são mais sentidos. O jornal Le Figaro mostra, numa infografia que assinala os postos em rutura, a dimensão do protesto.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!