Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Guerra de vídeos entre populares e socialistas

É a ‘guerra’ dos vídeos. Uma semana após o Partido Popular ter lançado a polémica gravação sobre a política de segurança do executivo de José Rodriguez Zapatero e dias depois de uma manifestação contra a política antiterrorista do governo, apoiada pelo PP, os socialistas espanhóis contra-atacaram com a divulgação em vídeo de um documento onde avançam com a sua versão sobre o que sucedeu durante a trégua da ETA em 1998.
28 de Novembro de 2006 às 00:00
O PSOE assegura que o ex-primeiro-ministro José María Aznar manteve a sua determinação de prosseguir com o diálogo apesar da violência de rua (kale borroka) e do facto de a ETA ter roubado explosivos. O PSOE afirma que com o vídeo (disponível no www.psoetv.es e designado por ‘A outra trégua’), pretende “refrescar a memória aos cidadãos para que julguem por si se a atitude dos populares é coerente com o que fizeram então. Quanto ao vídeo divulgado pelo PP, os socialistas denunciaram que contém imagens pertencentes ao mandato de Aznar e outras extraídas de distúrbios na Colômbia.
O líder dos populares, Mariano Rajoy, reagiu afirmando ser lamentável que “ Zapatero dê uma bofetada a um partido político com um vídeo e que esta seja a única resposta às centenas de milhares de espanhóis” que se manifestaram contra a negociação do governo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)