Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Guiné-Bissau: Situação está "sob controlo"

O chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da Guiné-Bissau, António Indjai, garantiu esta segunda-feira que a situação no país está "sob controlo", mas remeteu para o Governo mais esclarecimentos sobre os conflitos entre militares.
26 de Dezembro de 2011 às 16:46
António Indjai garantiu que a situação no país está "sob controlo"
António Indjai garantiu que a situação no país está 'sob controlo' FOTO: EPA

António Indjai falava aos jornalistas após um encontro com os ministros da Defesa Nacional, Baciro Djá, da Educação, Artur Silva, e do Interior, Fernando Gomes, que durou cerca de uma hora e meia.

O chefe das Forças Armadas referiu ainda que "o Governo vai emitir um comunicado nas próximas horas para explicar o que se passou".

Por seu lado, em declarações à Lusa no final do encontro, o ministro da Defesa adiantou que membros do Governo vão reunir-se às 17h00 locais (mesma hora em Lisboa) com o presidente do Parlamento, Raimundo Pereira, e que vai haver depois uma declaração política.

António Indjai chegou ao Ministério da Defesa vestido à civil e acompanhado de cerca de 50 militares armados com kalashnikov e lança-rockets.

Um dirigente do Movimento da Sociedade Civil da Guiné-Bissau, Luís Vaz Martins, denunciou hoje a ocorrência de "movimentações militares anormais" nalguns quartéis do país o que disse tratar-se de "mais uma insubordinação dos militares" ao poder civil.

guiné-bissau forças armadas antónio indjai
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)