Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Guiné: Primeiro-ministro está refugiado em embaixada

O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Carlos Gomes Júnior, terá procurado refúgio numa embaixada em Bissau. Na cidade ouviu-se um tiroteiro e residentes apontam um braço-de-ferro entre tropas leais ao Chefe de Estado-Maior das Forças Armadas, António Indjai, e o Chefe de Estado-Maior da Armada, Bubo Na Tchuto.
26 de Dezembro de 2011 às 15:30

Bubo Na Tchuto já negou qualquer envolvimento nos acontecimentos, mas a capital da Guiné vive momentos de tensão, segundo avança a agência Reuters.

O jornal online 'A Nação' relata que a população está a evitar circular na cidade e teme-se uma tentativa de golpe de Estado.

Segundo a Lusa, o primeiro-ministro poderá estar na embaixada de Angola, que se localiza exactamente na mesma rua da sua residência, que se encontra cortada ao trânsito e cercada por seguranças e polícias.

 

Guiné-Bissau Tensão Militares
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)