Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Havia crianças em Abu Ghraib

A general Janis Karpinski, ex-responsável pela prisão iraquiana Abu Ghraib, em Bagdad, cenário do escândalo de abusos sobre prisioneiros por parte de militares norte-americanos, admitiu que houve crianças detidas naquelas instalações.
11 de Março de 2005 às 20:10
Karpinski, que comandava a unidade responsável pela prisão, disse aos investigadores responsáveis pelo caso dos abusos que ela própria falou com uma criança que teria 12 anos.
Estas declarações integram parte de um documento, de 800 páginas, que relata as transcrições das gravações realizadas sobre o escândalo e foi difundido hoje pela União de Liberdades Civis dos EUA (ACLU). Esta organização conseguiu os referidos documentos, que formam parte das investigações realizadas pelo Pentágono, através de um pedido que apresentou para investigar os abusos a coberto da lei de Liberdade de Informação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)