Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

HIV condena capelão da Marinha

Um capelão seropositivo da Marinha dos EUA foi condenado a dois anos de prisão após admitir que manteve relações sexuais com um oficial da Força Aérea sem lhe revelar que era portador do vírus.
8 de Dezembro de 2007 às 00:00
John Thomas Lee, de 42 anos, foi condenado depois de um acordo com os procuradores em que assumiu a culpa, incluindo a de sodomia forçada. Como parte do acordo, o capelão admitiu que sabia da infecção desde 2005 e não a comunicou ao oficial com quem manteve relações.
A sodomia forçada ocorreu em 2004 com o referido oficial, um tenente-coronel, que então era ainda aluno na Academia Naval.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)