Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Suspeito do ataque na Holanda vai ser acusado de homicídio com intenção terrorista

Tiroteio causou três mortos e sete feridos, três dos quais em estado grave.
Lusa 21 de Março de 2019 às 11:54
Suspeito do tiroteio na Holanda
Local do ataque em Utrecht enche-se de flores em homenagem às vítimas
Suspeito do tiroteio na Holanda
Local do ataque em Utrecht enche-se de flores em homenagem às vítimas
Suspeito do tiroteio na Holanda
Local do ataque em Utrecht enche-se de flores em homenagem às vítimas

O Ministério Público holandês anunciou esta quinta-feira que vai processar por homicídio com intenção terrorista o principal suspeito do tiroteio num elétrico em Utrecht (centro da Holanda) na segunda-feira, que causou três mortos.

"O suspeito de 37 anos dos assassínios de 18 de março na praça de 24 de outubro em Utrecht comparecerá amanhã (sexta-feira) perante um juiz de instrução" por "assassínios múltiplos ou homicídio com fins terroristas, tentativa de assassínio e ameaças com fins terroristas", indica o Ministério Público num comunicado.

O tiroteio causou três mortos e sete feridos, três dos quais em estado grave, segundo o último balanço. Os mortos são uma mulher de 19 anos e dois homens de 28 e 49 anos, todos da província de Utrecht.

Ministério Público Holanda Utrecht crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)