Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Hollande critica Le Pen e reitera apoio a Macron

De acordo com o presidente, os franceses não querem que o país deixe a UE nem que abandone a moeda única.
29 de Abril de 2017 às 18:44
François Hollande
François Hollande
François Hollande
François Hollande
François Hollande
François Hollande
François Hollande
François Hollande
François Hollande
O presidente francês, François Hollande, afirmou hoje que a candidata da extrema-direita francesa, Marine Le Pen, tenta "camuflar" a sua vontade de tirar a França da União Europeia (UE) e da zona euro.

Segundo Hollande, os franceses não querem que o país deixe a UE nem que abandone a moeda única.

"É preciso afastar o risco importante que seria a presença da extrema-direita na presidência da República" francesa, explicou Hollande após a cimeira europeia destinada a debater o 'Brexit', a saída britânica da UE.

Hollande aproveitou para reiterar o apoio ao candidato liberal Emmanuel Macron, que vai disputar a segunda volta das presidenciais com Le Pen, no próximo dia 07 de maio.

"O voto em Macron é o voto que trava a extrema-direita e que dá à França a certeza de continuar fiel a si mesma", insistiu Hollande.

Numa conferência de imprensa em Bruxelas, Hollande também defendeu que "Macron será um bom parceiro da Alemanha" e que defenderá os interesses da França e da Europa.

Hoje, Marine Le Pen anunciou que Nicolas Dupont-Aignan, que terminou a primeira volta das eleições presidenciais em sexto lugar, será o seu primeiro-ministro caso vença a segunda volta das presidenciais.

Presidente do partido Debout La France (A França de Pé), Dupont-Aignan fez da Europa tema central da campanha, propondo a saída do euro ou a reforma dos tratados europeus para devolver "a soberania" aos países.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)