Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Homem com alzheimer esquece-se que é casado e apaixona-se outra vez pela mulher

“Lisa eu amo-te", afirmou Peter quando o casal renovou os votos.
Correio da Manhã 18 de Julho de 2021 às 16:56
Peter e Lisa Marshall
Peter e Lisa Marshall
Peter e Lisa Marshall
Peter e Lisa Marshall
Peter e Lisa Marshall
Peter e Lisa Marshall
Peter e Lisa Marshall
Peter e Lisa Marshall
Peter e Lisa Marshall
Peter e Lisa Marshall
Peter e Lisa Marshall
Peter e Lisa Marshall

Peter Marshall foi diagnosticado com Alzheimer precoce, aos 53 anos. Ao lado tem a mulher, Lisa Marshal com quem está casado desde 2009. Agora, com 56 anos, Peter estava com Lisa a ver uma série no sofá quando lhe olhou nos olhos e perguntou se Lisa queria casar com ele. Em abril subiram novamente ao altar para renovar os votos. 

"Tudo começou quando ele estava sempre a esquecer-se das chaves. De seguida, a carteira. Então começou a esquecer-se de algumas palavras e o que significavam. Às vezes, ele esforçava-se para formar frases", contou Lisa em entrevista à CNN, que justificava o comportamento do marido com o processo natural de envelhecimento.

No entanto, as visitas que o casal recebia teciam comentários sobre uma possível doença que ele poderia ter. "Aí soube que era algo real", afirmou a mulher. A 30 de abril de 2018, após alguns testes, os médicos diagnosticaram o homem com Alzheimer. 

"Eu não entendia até começar a pesquisar e perceber que isto ia ter um impacto profundo nas nossas vidas e acabará por levar o meu marido", disse Lisa. A partir daí, as memórias de uma vida a dois começaram a apagar-se na mente do marido. 

Um dia, enquanto assistiam a uma série no sofá, Lisa emocionou-se com uma cena de casamento e Peter pediu-lhe para fazerem o mesmo. "Foi tão comovente para mim. Ele apaixonou-se por mim duas vezes. Sinto-me honrada. Sinto-me como uma princesa, como a Cinderela. Sou a mulher mais sortuda do mundo", confessou Lisa na entrevista. 

A mulher não lhe explicou que já eram casados e aceitou porque queria formar novas memórias com o marido, na esperança de ele se lembrar por mais tempo. 

A 26 de abril celebraram a renovação dos votos. Na cerimónia estava também presente um especialista em demência que ajudou no evento. "Entrei sem expectativas, a doença é tão imprevisível. Ainda sinto borboletas ao fazer a maquilhagem e a colocar o vestido. Cada momento era mais mágico do que o outro", disse Lisa. 

"Peter esteva brilhante e consciente o dia todo. Ele estava tão feliz. Durante os votos, ele disse-me: 'Lisa, eu amo-te'. E isso foi tudo o que eu precisava", revelou.

Peter e Lisa eram vizinhos em Harrisburg, Pensilvânia, nos Estados Unidos da América (EUA) quando se conheceram. Cada um tinha família, companheiro e filhos, mas tornaram-se bons amigos. Uns tempos depois a família de Peter mudou-se para outro estado, Connecticut, e estiveram cerca de um ano sem se encontrarem. 

Decorrido esse ano, voltaram a encontrar-se e descobriram que ambos tinham passado pelo processo de divórcio com os respetivos companheiros. Desde esse ano que estão juntos. 

Atualmente Lisa escreve para um blog para ajudar pessoas que estejam na mesma situação e revela que o foco é cuidar de Peter. "Estaremos juntos até ao fim", disse Lisa à CNN. "Nada nos pode separar. Nada".

Alzheimer Peter Marshall Lisa Marshall amor casamento relações amorosas esquecimento saúde saúde mental
Ver comentários
}