Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Homem condenado a chicotadas por fazer graffiti

Singapura possui duras leis contra o vandalismo, que incluem castigos físicos.
27 de Agosto de 2013 às 11:13

Um Tribunal de Singapura condenou a três meses de prisão e a três chicotadas um homem considerado culpado de vandalismo, por fazer um graffiti, revelou, esta terça-feira, a imprensa da Cidade Estado.

Mohamad Khalid Mohamad Yusop, 33 anos, desenhou a vermelho a palavra "democracia" e um "X" no monumento dos mortos de guerra em Singapura. O juiz Lim Tse Haw descreveu como "antissocial e egoísta" o ato vândalo de Mohamad.

O homem terá também de pagar os custos de limpeza do edifício, cerca de 121 euros.

Singapura possui duras leis contra o vandalismo, que incluem castigos físicos aplicados com chicotadas, especialmente no caso de graffitis.

chicotadas Singapura grafiti prisão vandalismo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)