Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer sexo e comer

Jovem trocou mensagens com agente da polícia disfarçado que fingiu oferecer a filha.
24 de Outubro de 2018 às 09:38
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Homem de 21 anos põe anúncios a pedir cadáver de rapariga para fazer e comer
Alexander Nathan Bather, um jovem de 21 anos, publicou váiros anúncios na "Dark Web" ("Internet Obscura", em português) onde pedia um cadáver de uma rapariga com o qual pudesse fazer sexo e depois comer.

As autoridades descobriram o caso e rapidamente começaram a investigar o suspeito, que sem saber que estava a trocar mensagens com um agente da polícia disfarçado, explicou de forma muito explicita o que procurava.

O agente, que fingiu estar a oferecer a filha a Alexander, disse a este que estava disponível para o ajudar a matar a jovem num hotel. Foi o isco necessário para conseguir prender o jovem que foi detido quando saia da sua casa, no Texas, para se ir encontrar com o homem e a vítima, na posse de uma faca. Confrontado pelas autoridades, admitiu tudo.

De acordo com a imprensa norte-americana, as mensagens enviadas através do e-mail pelo jovem de 21 anos eram despidas de remorsos ou arrependimentos. "Quantos anos tem a tua filha? Podemos matá-la?", questionou diretamente.

Alexander chegou mesmo a dizer ao polícia para comprar um telemóvel novo depois de cometer o crime da morte da filha. O caso vai agora ser julgado em tribunal.
Internet Obscura Alexander Nathan Bather Dark Web Texas crime lei e justiça crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)