Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Homem detido após menina escrever pedido de socorro em teste

Inspetor da polícia a cargo das investigações disse que o caso é "desumano".
4 de Dezembro de 2021 às 18:34
Pedido de socorro em teste escolar
Pedido de socorro em teste escolar FOTO: Direitos Reservados/Twitter
Uma menina de 13 anos, residente em Rondônia, no Brasil, escreveu um pedido de socorro num teste da escola em que dizia que a mãe é vítima de violência doméstica.

A foto com o pedido de socorro viralizou nas redes sociais e o caso foi encaminhado para a polícia de Machadinho D'Oeste, avançou o jornal Globo.

O inspetor da polícia a cargo das investigações disse que o caso é "desumano" e que ao chegar à casa da menina foi preciso ser paciente e persuasivo para conseguir que a mãe da menina fosse retirada do ambiente de violência doméstica em que estava. 

"Nunca na minha carreira tinha visto algo parecido. Ela nunca denunciou as agressões. Quando a polícia era chamada lá, ela negava que era agredida. Ela está totalmente afetada emocionalmente por conta das agressões", disse ao Globo o inspetor André Kondageski.

As agressões psicológicas e físicas começaram quando o casal ainda morava no estado brasileiro do Pará. O agressor teria começado a culpar a mulher por causa da morte do primeiro filho deles.

"O bebé, que tinha entre um e dois anos, foi até um depósito, ingeriu veneno de rato e morreu. Desde então, ele começou uma pressão e tortura psicológica sobre ela", relatou.

A vítima foi encaminhada para a casa de parentes. Dos filhos do casal, três são meninas, sendo uma de 16 anos, outra de 14 e a de 13 anos, que escreveu o recado no testo, e também um menino de 8 anos. 


maus-tratos crime lei e justiça polícia violência doméstica Brasil
Ver comentários