Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Homem inocente luta por indemnização após passar mais de 44 anos preso

Ronnie Long foi acusado de violar uma mulher em 1976 e condenado a passar a sua vida na prisão.
Correio da Manhã 8 de Abril de 2021 às 17:15
Prisão xxx
Prisão xxx FOTO: CMTV

Um homem pretende receber uma indemnização depois de ter estado 44 anos preso inocentemente numa cadeia na Carolina do Norte, nos EUA.

Ronnie Long foi acusado de violar uma mulher em 1976 e condenado a passar a sua vida na prisão. Durante anos o homem assumiu estar inocente, entregando vários recursos para reverter a decisão do juiz.

Long foi libertado em dezembro de 2020 após o tribunal ter concluído que o condenou injustamente.

De acordo com a CNN, e devido ao polémico caso, a lei estadual exige que Long seja ressarcido pelo tempo mantido em prisão – 50 mil dólares por ano.

No entanto, e segundo a mesma fonte, o valor máximo é de 750 mil dólares (mais de 629 mil euros), ou seja, um valor que cobre apenas os primeiros 15 anos de prisão de Long.

"Embora esteja agradecido por ter recebido 750 mil dólares de compensação, a quantia é totalmente inadequada para compensá-lo depois de lhe terem tirado mais de 44 anos de liberdade", afirmou Jamie Lau, advogado de Long, em declarações ao canal de televisão norte-americano.

Long quer agora lutar para receber aquilo a que tem direito, admitindo que a sua prisão foi "intencional".

"Tudo o que aconteceu para me colocar atrás das grades foi intencional", revelou Long.

O ex-recluso vive agora uma "vida de transição" com a mulher e planeia até comprar uma nova casa.

Carolina do Norte Ronnie Long crime lei e justiça crime lei e justiça polícia prisão condenados
Ver comentários