Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Hospital trocou bebés em 2002 e jovem pede agora três milhões de indemnização

Recém-nascidas terão nascido com cinco horas de diferença uma da outra no hospital de San Millán, em Logroño.
Correio da Manhã 7 de Setembro de 2021 às 19:59
Bebé
Bebé FOTO: Getty Images
Dois bebés foram trocados num hospital público em Rioja, Espanha, no decorrer do ano de 2002. Os dois cresceram ao lado das famílias que julgavam ser suas mas que vieram agora a descobrir o oposto.

Quase duas décadas depois, um teste de ADN feito por uma das vítimas, agora uma jovem de 19 anos, revelou que sempre viveu com a família errada.

A jovem pede agora uma indemnização de três milhões de euros ao ministério da Saúde pelos danos provocados. 

As bebés terão nascido com cinco horas de diferença uma da outra no hospital de San Millán, em Logroño, que entretanto já encerrou. Uma troca nas incubadoras estará na origem do erro.

Dois processos judiciais já estão em curso. O MP pretende por um lado defender os direitos dos menores e corrigir o processo de filiação e a vítima, que apresentou a queixa, segue com um processo onde reclama uma indemnização de três milhões de euros.

Sara Alba, ministra da Saúde de Rioja, refere que o erro que aconteceu há quase duas décadas "foi humano e, como o hospital já encerrou, ainda não foi possível perceber quem cometeu o erro".
Rioja Espanha crime lei e justiça questões sociais tribunal justiça e direitos bebés trocados bebés
Ver comentários