Idosa de 98 anos passa dias sufocada pela filha que morreu em cima dela

Cadáver já estava em adiantado estado de decomposição.

Uma idosa brasileira quase centenária - com 98 anos e bastante debilitada -, ficou vários dias sufocada pelo corpo da própria filha, de 55, que morreu e caiu em cima dela. Foram vizinhos que, estranhando não verem as duas há vários dias, chamaram a polícia.

Quando as autoridades arrombaram a porta da casa das duas senhoras, no bairro CPA 4, em Cuiabá, capital do estado brasileiro de Mato Grosso, a cena que os agentes viram era verdadeiramente dantesca. A idosa estava caída no chão, consciente e em pânico, com o corpo da filha por cima dela, impedindo-lhe qualquer movimento.

Pela fragilidade decorrente da avançada idade, a idosa não tinha forças para tirar a filha de cima dela e estava tão sufocada que não conseguia nem gritar por socorro.

Para piorar o desespero da idosa, com a temperatura em Cuiabá na casa dos 40 graus há vários dias, o corpo da filha já estava em adiantado estado de decomposição, exalando um odor fétido.

De acordo com a análise inicial dos agentes e algumas informações prestadas pela idosa, não houve qualquer crime e sim uma triste fatalidade.

A filha da idosa, que era quem cuidava dela, morreu aparentemente de mal súbito quando ajudava a mãe a dar alguns passos e caiu sobre ela, que, não fosse o cuidado dos vizinhos, poderia ter morrido lentamente sem que pudesse fazer algo para evitar esse triste fim. 



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!