Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Iglesias avisa que Podemos não pode esquecer-se de quem é

Secretário-geral do partido espanhol recordou que o Podemos nasceu para ganhar.
Lusa 11 de Fevereiro de 2017 às 12:55
Pablo Iglesias
Pablo Iglesias FOTO: EPA

O secretário-geral do Podemos, Pablo Iglesias, advertiu este sábado os militantes que não podem esquecer-se de quem são nem se confundir com a "geografia ideológica" do parlamento, porque o PP e o PSOE continuam a ser o projeto das elites.

Esta foi uma das ideias que Iglesias defendeu na apresentação do seu documento político no congresso do partido, em que apelou também para que o Podemos lidere, a par das suas "forças irmãs" e da sociedade civil, "um bloco social de mudança".

"Não nos confundamos, não reconheçamos a geografia ideológica do parlamento. Eu sou de esquerda, mas não acredito na geografia parlamentar de que o PP é a direita e o PSOE é a esquerda. São representantes das elites", disse Iglesias.

"Não nos podemos esquecer jamais de quem somos", enfatizou o líder do Podemos, que alguns militantes aclamaram como "presidente, presidente", quando subiu ao palco do Palácio de Vistalegre, de Madrid.

Iglesias recordou que o Podemos nasceu para ganhar e ainda falta um trabalho duro para fazer, porque acredita que para ganhar são precisas vitórias eleitorais, mas também "vitórias sociais" frente a um governo que classificou como "débil", ao contrário do que defende Iñigo Errejón, principal opositor de Iglesias.

O líder do Podemos pediu também um "impulso constituinte" para defender os direitos conseguidos até agora e sustenta que o parlamento é importante, mas não se devem concentrar ali todos os esforços.

"Não nos podemos parecer a eles, a transversalidade não tem a ver com parecer-se com o PP e o PSOE, tem a ver com parecer-se com Espanha", sustentou.

Por isso, entende, só com um bloco histórico se pode alcançar a vitória: "Podemos ganhar socialmente para ganhar eleitoralmente, a nossa pátria já não tem medo", defendeu.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)