Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Índia: Detidos 13 tibetanos por protestos junto à embaixada chinesa

A polícia indiana deteve 13 tibetanos no exílio por protestarem junto à embaixada da China na capital.
9 de Outubro de 2011 às 10:04

Segundo o congresso de jovens tibetanos, a manifestação de hoje foi organizado para demonstrarem a sua solidariedade na sequência dos incidentes envolvendo monges tibetanos que tentaram imolar-se em forma de protesto contra Pequim.

Os manifestantes, que agitavam bandeiras do Tibete e clamavam "libertem o Tibete" e "queremos liberdade", foram travados pela polícia de Nova Deli quando corriam em direcção à representação diplomática chinesa na Índia.

De acordo com a polícia indiana, 13 manifestantes foram detidos por violarem a lei que proíbe que mais de quatro pessoas se reúnam na área em torno da embaixada.

No sábado, dois jovens tibetanos tentaram imolar-se pelo fogo, no sudoeste da China, em protesto contra a repressão da sua etnia, tratando-se do sétimo incidente do género no intervalo de apenas meio ano.

Dos sete monges tibetanos que tentaram o suicídio nos últimos seis meses, dois morreram.

ínida manifestantes tibete china
Ver comentários