Sub-categorias

Notícia

Inspetores impedidos de entrar em Douma

EUA acusam a Rússia de travar a entrada de uma equipa e diz que os russos estão a apagar as provas do ataque químico.
Por Francisco J. Gonçalves|17.04.18
  • partilhe
  • 3
  • +
Os EUA acusaram esta segunda-feira a Rússia de impedir o acesso de inspetores internacionais a Douma para investigar o alegado ataque químico que matou pelo menos 60 pessoas na cidade. Dizem ainda que os sírios ou os russos terão manipulado as provas do ataque.

O Kremlin nega e culpa Washington, dizendo que travou os inspetores da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPCW) por razões de segurança, devido aos mísseis lançados no fim de semana pelos EUA, Reino Unido e França.

"Tanto quanto sabemos os russos visitaram o local do ataque e receamos que possam tê-lo manipulado para impedir a missão da OPCW de fazer uma investigação eficaz", afirmou Kenneth Ward, embaixador dos EUA junto daquela organização, durante um encontro de emergência em Haia.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!