Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

INTRUSO EM WINDSOR

Um homem disfarçado de polícia e a sua noiva foram detidos num local público do recinto do castelo de Windsor, residência da rainha Isabel II de Inglaterra, noticiou ontem o diário britânico 'Daily Mail'.
19 de Maio de 2004 às 00:00
A Polícia afirma que a segurança não esteve ameaçada
A Polícia afirma que a segurança não esteve ameaçada FOTO: Kim Ockenden/epa
De acordo com o jornal, os factos remontam à passada segunda-feira, quando o homem, com cerca de 30 anos, acompanhado da sua noiva, foi surpreendido ao tentar aceder ao recinto do famoso castelo londrino, fazendo-se passar por agente policial. A Polícia procedeu então à detenção de ambos. Informações não confirmadas davam ainda conta que o homem, já ontem interrogado pelas autoridades britânicas, usou o nome de um detective graduado para passar cheques.
Apesar de a família real não se encontrar no castelo e de a Polícia ter garantido que o incidente não constituiu qualquer ameaça à segurança, os factos suscitaram novas críticas no que se refere à protecção da realeza britânica. O incidente provocou mesmo algum alarmismo, em virtude de ter ocorrido depois da aprovação do reforço da segurança à família real, na sequência de uma proposta surgida após um repórter do 'Mirror' ter acedido ao palácio de Buckingham na qualidade de criado, durante a visita do presidente norte-americano, George W. Bush.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)