Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Investigação a ataque em Casablanca

As autoridades marroquinas já detiveram nove pessoas suspeitas de ligação ao atentado bombista suicida registado na passada segunda-feira num cibercafé de Casablanca, que feriu quatro pessoas e provocou a morte do autor do ataque.
14 de Março de 2007 às 09:40
A informação, avançada pela estação de televisão Al-Jazeera, que cita fontes policiais marroquinas ligadas ao processo de investigação deste caso, adianta ainda que as detenções resultaram de buscas efectuadas em várias casas de dois bairros de Casablanca.
A Polícia procura descobrir se o suicida, que se fez explodir na sequência de uma discussão com o filho do dono do cibercafé, que havia recusado que consultasse páginas na Internet sobre a Jihad (guerra santa), e o seu acompanhante pertenciam a algum grupo islâmico extremista.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)