Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

INVESTIGAÇÃO SOBRE MORTE DE CIENTISTA SERÁ PÚBLICA

Brian Hutton, o juiz responsável pela condução do inquérito sobre a morte do perito em armas biológicas e conselheiro do governo britânico David Kelly, afirmou que os resultados da investigação serão, na sua maioria, tornados públicos.
21 de Julho de 2003 às 12:42
David Kelly, de 59 anos, que a BBC indicou como sendo a sua principal fonte de informação para afirmar que o relatório do governo sobre o arsenal do antigo ditador do Iraque, Saddam Hussein, fora falsificado, foi encontrado morto na passada sexta-feira num bosque perto de sua casa, na zona oeste de Londres.
O corpo do cientista foi encontrado com o pulso esquerdo cortado, tendo a seu lado uma faca e analgésicos, pelo que se colocou a hipótese de se ter tratado de suicídio, visto Kelly estar sob muita pressão.
O ministro dos Negócios Estrangeiros britânicos, Jack Straw, afirmou já que não devem ocorrer interferências na investigação e que os investigadores devem prosseguir livremente o trabalho de esclarecer as circunstâncias da morte do cientista. O caso está a causar a pior crise de sempre no seio do governo do primeiro-ministro, Tony Blair.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)