Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Investigadores procuram voluntários dispostos a ter coronavírus a troco de milhares de euros

Objetivo é testar uma nova vacina que está em desenvolvimento.
Correio da Manhã 9 de Março de 2020 às 11:08
Coronavírus
Máscaras contra o coronavirus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Máscaras contra o coronavirus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Máscaras contra o coronavirus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Já imaginou ser pago para ter coronavírus? Um grupo de cientistas está disposto a pagar mais de 3500 libras - cetrca de 4 mil euros - a voluntários que estejam dispostos a ser infetados com coronavírus à medida que a procura por uma vacina se torna cada vez mais importante. 

A Queen Mary BioEnterprises Innovation Centre, em Londres, está a recrutar 24 voluntários para a investigação. 

Estes serão injetados com duas amostras mais fracas do vírus mortal - que matou mais de 3.800 pessoas em todo o mundo -, e ficarão com os mesmos sintomas respiratórios que os de um infetado.

O objetivo é testar se a vacina que estão a desenvolver é eficaz. Outras 35 vacinas estão atualmente em desenvolvimento e o governo do Reino Unido prometeu um montante extra de 46 milhões de libras na luta contra o coronavírus.

Para que este teste vá para a frente, o órgão de controlo de medicamentos do Reino Unido terá que concordar com o mesmo.

Uma vez autorizado o estudo, os voluntários terão de ficar em quarentena durante duas semanas e seguir uma dieta restrita para poderem receber o cheque. Estes não têm permissão para ter contato com mais ninguém ou fazer exercício.

Os médicos que trabalham no estudo vão avaliá-los usando roupas de proteção e ventiladores.  

No Reino Unido já foram registadas três mortes devido ao vírus que começou na China. 

Reino Unido saúde investigação médica questões sociais doenças
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)