Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Investigadores procuram voluntários dispostos a ter coronavírus a troco de milhares de euros

Objetivo é testar uma nova vacina que está em desenvolvimento.
Correio da Manhã 9 de Março de 2020 às 11:08
Coronavírus
Máscaras contra o coronavirus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Máscaras contra o coronavirus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Máscaras contra o coronavirus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Já imaginou ser pago para ter coronavírus? Um grupo de cientistas está disposto a pagar mais de 3500 libras - cetrca de 4 mil euros - a voluntários que estejam dispostos a ser infetados com coronavírus à medida que a procura por uma vacina se torna cada vez mais importante. 

A Queen Mary BioEnterprises Innovation Centre, em Londres, está a recrutar 24 voluntários para a investigação. 

Estes serão injetados com duas amostras mais fracas do vírus mortal - que matou mais de 3.800 pessoas em todo o mundo -, e ficarão com os mesmos sintomas respiratórios que os de um infetado.

O objetivo é testar se a vacina que estão a desenvolver é eficaz. Outras 35 vacinas estão atualmente em desenvolvimento e o governo do Reino Unido prometeu um montante extra de 46 milhões de libras na luta contra o coronavírus.

Para que este teste vá para a frente, o órgão de controlo de medicamentos do Reino Unido terá que concordar com o mesmo.

Uma vez autorizado o estudo, os voluntários terão de ficar em quarentena durante duas semanas e seguir uma dieta restrita para poderem receber o cheque. Estes não têm permissão para ter contato com mais ninguém ou fazer exercício.

Os médicos que trabalham no estudo vão avaliá-los usando roupas de proteção e ventiladores.  

No Reino Unido já foram registadas três mortes devido ao vírus que começou na China. 

Reino Unido saúde investigação médica questões sociais doenças
Ver comentários