Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Irão felicita Iraque pela reconquista de Mossul e oferece ajuda à reconstrução

Ministro diz que o país está preparado para ajudar os deslocados e as vítimas da guerra.
10 de Julho de 2017 às 12:18
EPA
Iraquianos celebram a libertação de Mossul
Iraquianos celebram a libertação de Mossul
Iraquianos celebram a libertação de Mossul
Iraquianos celebram a libertação de Mossul
EPA
Iraquianos celebram a libertação de Mossul
Iraquianos celebram a libertação de Mossul
Iraquianos celebram a libertação de Mossul
Iraquianos celebram a libertação de Mossul
EPA
Iraquianos celebram a libertação de Mossul
Iraquianos celebram a libertação de Mossul
Iraquianos celebram a libertação de Mossul
Iraquianos celebram a libertação de Mossul
O Governo iraniano felicitou esta segunda-feira o Iraque pela libertação de Mossul do controlo do grupo Daesh e expressou a disponibilidade para ajudar na reconstrução da cidade, disse o secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional iraniano, Ali Shamjani.

O Irão, "para além de [oferecer] um apoio completo ao Governo e ao povo do Iraque, está preparado para ajudar os deslocados e as vítimas da guerra", afirmou Shamjani, em declarações difundidas hoje pela agência iraniana de notícias, ISNA, reproduzidas pela agência Efe.

O mesmo responsável ofereceu ainda o apoio do Irão para a "reconstrução das cidades e das infraestruturas essenciais" na região.

O ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros, Mohamad Yavad Zarif, felicitou também o Governo iraquiano e o povo do Iraque pela derrota do EI na segunda maior cidade iraquiana, ocupada pelo movimento radical islâmico desde 2014.

"Felicito pela libertação de Mossul o Governo e o valente povo do Iraque", escreveu do chefe da diplomacia iraniana na rede social Twitter.

"Quando os iraquianos estão unidos não há limites para o que podem alcançar", acrescentou.

O primeiro-ministro iraquiano, Haidar al Abadi, deslocou-se este domingo a Mossul para declarar no local a libertação da cidade dos jihadistas, confinados agora a uma pequena zona no centro histórico da cidade, e felicitar o exército pela sua "grande vitória".

A conquista da segunda maior cidade iraquiana, que era o principal bastião do Estado Islâmico no Iraque, é o maior sucesso de Bagdade face ao grupo extremista sunita, que tomou vastas porções do território em 2014.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)