Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Irão quer expulsar ocupantes

O presidente do Irão, Mahmud Ahmadinejad, lançou ontem mais uma farpa ao Ocidente. Desta vez fez um apelo aos povos iraquiano, libanês, afegão e palestiniano para juntos expulsarem do Médio Oriente e do Afeganistão os “ocupantes estrangeiros”.
27 de Novembro de 2006 às 00:00
“Os povos da região conseguem garantir a segurança e a presença dos estrangeiros é apenas fonte de conflitos”, afirmou Ahmadinejad num discurso dirigido à milícia islâmica iraniana dos Bassidj, nos arredores de Teerão. O presidente iraniano clarificou a posição do seu país perante outros países da região, afirmando que o Irão “é um aliado do governo iraquiano, mas também do governo palestiniano do Hamas e do partido xiita libanês do Hezbollah”.
Ahmadinejad considerou que “a dominação satânica dos EUA está a chegar ao fim” e que “o regime sionista, que é um instrumento em mãos opressoras, está também a caminho da sua destruição”. O presidente do Irão apelou ainda aos EUA para que escolham “o caminho da humanidade, do amor e ajuda aos povos”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)