Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

“Irão semeia caos, morte e destruição” diz Donald Trump na Assembleia da ONU

Presidente dos EUA voltou ao mesmo local para lançar um feroz ataque ao Irão.
Ricardo Ramos 26 de Setembro de 2018 às 09:26
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump tem um novo inimigo. Um ano depois de ter incendiado a Assembleia-Geral da ONU com insultos ao ‘Rocket Man’ Kim Jong-un e ameaças de "destruição total" da Coreia do Norte, o presidente dos EUA voltou ao mesmo local para lançar um feroz ataque ao Irão, acusando os seus líderes de "semearem o caos, a morte e a destruição" no Médio Oriente.

"Os dirigentes do Irão não respeitam os seus vizinhos, as fronteiras e os direitos soberanos das outras nações. Em vez disso, saqueiam os recursos do seu país para se enriquecerem e para espalharem o caos por todo o Médio Oriente e não só", acusou Trump, contrapondo o estado das relações com Teerão com a "significativa melhoria" nos laços com a Coreia do Norte, alvo de tirada semelhante na Assembleia-Geral do ano passado.

Desta vez, porém, Trump saudou Kim Jong-un por suspender os testes nucleares e de mísseis, libertar reféns americanos e devolver os restos mortais de soldados americanos mortos na Guerra da Coreia.

Antes, o presidente dos EUA tinha iniciado o seu discurso com um longo autoelogio, recebido com gargalhadas pelos líderes mundiais presentes, principalmente quando disse ter feito mais em dois anos do que "quase todos os presidentes americanos". "Não esperava essa reação", gracejou, encaixando com fair play os risos da plateia.

O discurso de Trump ficou ainda marcado pela constante denúncia do multilateralismo. "A América é governada pelos americanos. Rejeitamos a ideia do globalismo e abraçamos a doutrina do patriotismo", frisou, antes de denunciar, mais uma vez, os países que "se aproveitam" dos EUA e aproveitando para prometer mudanças na ajuda externa muito em breve.

"A partir de agora, só vamos ajudar quem nos respeita - aqueles que são verdadeiramente nossos amigos", garantiu.
Assembleia-geral da onu presidente dos EUA Coreia do Norte Donald Trump Assembleia-Geral da ONU Irão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)