Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

IRMÃO DA PRINCESA DA NORUEGA CONDENADO

Espen Hoiby, irmão da futura rainha da Noruega, foi condenado esta segunda-feira por um tribunal norueguês a 60 dias de prisão por ter agredido a ex-namorada.
1 de Setembro de 2003 às 18:53
Esta notícia fez com que voltasse a rebentar o escândalo de o príncipe herdeiro, Haakon, ter escolhido para sua mulher e futura rainha da Noruega Mette-Marit, mãe solteira e de famílias plebeias.
O tribunal de Kristiansand, cidade no Sul da Noruega, condenou ainda Espen Hoiby ao pagamento de uma multa no valor de 40.000 coroas. O caso remonta a Setembro de 2002, quando o irmão da princesa agrediu uma ex-namorada, partindo-lhe um dedo.
Hoiby, de 44 anos de idade, piloto na companhia aérea escandinava SAS, profissão que foi obrigado a interromper durante o julgamento, disse que iria recorrer da sentença. Afirmou que empurrou a ex-namorada durante uma discussão mas negou intenção de a ferir. A vítima alegou que Hoiby a empurrou e lhe deu pontapés quando esta se encontrava deitada no chão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)