Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Irmãos separados na infância reencontram-se numa sala de aula

Um estudante brasileiro de 18 anos que foi adoptado na infância e que vive com uma tia sabia que tinha uma irmã biológica mas não a conhecia. Ao portal 'G1' que avança com a história, o rapaz contou que sempre lhe disseram que a irmã biológica vivia muito longe e que seria impossível encontrá-la.
28 de Abril de 2010 às 13:32
Foto ilustrativa
Foto ilustrativa FOTO: Bruno Colaço

Mas a irmã estava mesmo ao pé dele. Durante sete anos os dois frequentaram a mesma escola  de Adradina (a 640 quilómetros de São Paulo). Numa sala de aula, um dos professores fez a chamada lendo o nome completo dos alunos e a rapariga, de 17 anos, que também sabia que tinha um irmão biológico acabou por ir procurá-lo.

Apesar de frequentarem a mesma escola, nunca tinham percebido que eram irmãos porque ao ser adoptada o nome e os apelidos da rapariga mudaram.

As famílias de ambos os jovens ficaram contentes com a descoberta e acreditam que eles vão ser amigos e unidos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)