Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Israel aceita tréguas de radicais palestinianos

O governo israelita e os grupos armados palestinianos concordaram em cessar as hostilidades na Faixa de Gaza a partir das 06h00 deste domingo (04h00 em Lisboa), anunciou Miri Eisin, porta-voz do gabinete do primeiro-ministro israelita, Ehud Olmert.
26 de Novembro de 2006 às 01:28
Mahmoud Abbas (na foto) telefonou ao primeiro-ministro israelita, Ehud Olmert, a dar conta da oferta dos grupos armados palestinianos
Mahmoud Abbas (na foto) telefonou ao primeiro-ministro israelita, Ehud Olmert, a dar conta da oferta dos grupos armados palestinianos FOTO: d.r.
O presidente palestiniano, Mahmoud Abbas, telefonou ao chefe do executivo israelita, ontem ao fim do dia, para o informar de que chegara a acordo com todas as facções palestinianas para um cessar-fogo no Médio Oriente, uma oferta aceite por Telavive.
Numa reunião em que esteve presente o primeiro-ministro palestiniano, Ismail Haniyeh, do movimento Hamas, os principais grupos armados palestinianos, entre os quais a Fatah, concordaram em suspender os ataques contra Israel, nomeadamente o lançamento de mísseis sobre território israelita, se o Exército hebreu suspendesse as operações na Faixa de Gaza e na Cisjordânia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)