Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Israel ameaça com escalada

Aviões israelitas lançaram ontem panfletos avisando os habitantes da Faixa de Gaza para uma escalada nos ataques dos últimos dias. As forças israelitas voltaram, entretanto, a bombardear dezenas de alvos na região, apesar do anúncio de um período de tréguas de três horas.
11 de Janeiro de 2009 às 00:30
Civis aproveitam trégua para procurar comida
Civis aproveitam trégua para procurar comida FOTO: Ali Ali/EPA

Desafiando os sucessivos apelos da comunidade internacional para um cessar-fogo, os militares israelitas ameaçaram lançar uma "nova fase" na sua ofensiva de duas semanas. "As Forças de Defesa Israelitas vão expandir a operação na Faixa de Gaza", lia-se nos panfletos em árabe. "As tropas israelitas não estão a operar contra os habitantes de Gaza, mas contra o Hamas e os terroristas. Siga as nossas ordens e mantenha-se a salvo", podia ainda ler-se. Os panfletos, lançados no Sul de Gaza, instavam ainda a população palestiniana a não ajudar aquele movimento extremista islâmico e a afastar-se dos seus membros.

Apesar de um cessar-fogo de três horas, decretado por Israel para permitir a entrada de ajuda humanitária à população, os combates continuaram. De acordo com as forças israelitas, pelo menos 15 guerrilheiros foram mortos durante a madrugada e a manhã de ontem. No incidente mais sangrento do dia, um ataque israelita num jardim em Jebaliya matou nove pessoas, incluindo duas mulheres e igual número de crianças.

A ofensiva israelita em Gaza já matou mais de 800 pessoas e feriu 3350. No Cairo estão a ser intensificadas diligências diplomáticas com vista a um cessar-fogo.

MAIS DADOS

ATAQUE À ONU NEGADO

O Exército israelita negou ter atacado um camião de ajuda humanitária da ONU em Gaza.

COMBATER CONTRABANDO

A Alemanha vai enviar uma delegação ao Egipto para avaliar formas de aumentar os esforços anticontrabando junto a Gaza.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)