Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

ISRAEL AO ALCANCE DE MÍSSIL IRANIANO

O governo do Irão confirmou esta terça-feira ter conduzido com êxito o teste final ao míssil Shahab-3, cujo alcance é suficiente para atingir Israel e as forças norte-americanas destacadas no Iraque e na Arábia Saudita.
8 de Julho de 2003 às 15:30
O Irão está a baralhar a equação de segurança no Médio Oriente
O Irão está a baralhar a equação de segurança no Médio Oriente FOTO: d.r.
A equação geo-estratégica no Médio Oriente pode ter de ser sujeita a novos cálculos. Na semana passada, o jornal israelita “Haaretz” noticiou que na semana anterior os iranianos tinham testado o seu mais moderno míssil de médio alcance. Hoje, o governo iraniano reagiu com ironia, através de um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros: “Aparentemente, os israelitas estão atrasados a obter informação”, disse o porta-voz, confirmando que o teste foi realizado há já várias semanas e que foi o teste final antes de o míssil começar a ser produzido em série para as Forças Armadas do Irão.
O “Shahab-3”, ‘estrela cadente” em persa, tem um alcance de entre 1.300 a 1.500 quilómetros e foi testado pela primeira vez em 1998. O Irão garante que a nova arma foi inteiramente desenvolvida com tecnologia doméstica, mas Washington suspeita que o projecto beneficiou de assistência técnica norte-coreana e chinesa. Avi Pazner, porta-voz do governo israelita, declarou hoje que o Executivo de Ariel Sharon está muito preocupado com este novo míssil iraniano – e citamos – “especialmente desde que sabemos que o Irão quer adquirir uma arma nuclear”. Este porta-voz concluiu que a combinação da capacidade balística iraniana com ogivas nucleares “coloca uma séria ameaça à estabilidade” no Médio Oriente. Mais uma...
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)