Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

ISRAEL LIBERTA 130 PRISIONEIROS PALESTINIANOS

Pelo menos 130 prisioneiros palestinianos foram libertados, esta terça-feira, em Israel, devido à superlotação das prisões naquele país. Estima-se que mais de 7000 militantes da causa nacionalista palestiniana estejam presos em penitenciárias israelitas.
7 de Setembro de 2004 às 17:43
As autoridades de Israel negaram qualquer processo de acordo político com os palestinianos. A libertação dos presos, que já tinham cumprido a quase totalidade das suas penas, ficou a dever-se à deterioração das condições das prisões que estão a atingir o limite da sua capacidade.
De acordo com a rádio pública israelita, outros 24 prisioneiros deverão ser postos em liberdade na quarta-feira, pelas mesmas razões. Nenhum dos palestinianos esteve envolvido nos ataques contra israelitas, dos últimos quatro anos.
Esta é a maior libertação desde Janeiro deste ano, quando Israel soltou 400 palestinianos alegadamente envolvidos com o grupo terrorista Hezbollhah.
Recorde-se que entre 15 de Agosto e 2 de Setembro vários prisioneiros estiveram em greve de fome, reclamando o direito de visita da família, a qualidade nas refeições e a recusa de serem revistados nus.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)