Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Israel: Mata filha com cancro e suicida-se

Mordejai Shtalrid, médico israelita, de 66 anos, matou-se após matar a filha, de 33 anos, doente de cancro há quatro anos.
5 de Dezembro de 2012 às 20:18
A jovem já tinha sido oito vezes operada e a morte correspondia a um pedido recorrente da jovem.

Ambos deixaram cartas à família.
israel cancro mordejai shtalrid morte suicídio médico
Ver comentários