Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

ISRAELITAS MATAM CHEFE DA JIHAD ISLÂMICA

O Exército israelita abateu esta quinta-feira Mohammad Sider, chefe da Jihad Islâmica em Hebron, no sul da Cisjordânia, na sequência de um assalto a uma casa da cidade.
14 de Agosto de 2003 às 12:19
Fontes militares israelitas revelaram que a operação militar ocorreu na sequência de informações a darem conta de que estava a ser preparado um atentado com um carro armadilhado contra Israel.
Testemunhas em Hebron referiram que as forças israelitas cercaram um edifício em busca de Sider, o que desencadeou uma troca de tiros, seguida de várias explosões.
Segundo fez saber um alto responsável da Jihad Islâmica, a morte do chefe da organização em Hebron vai ser vingada. “Israel pagará o preço da sua morte”, garantiu Bassa Mal-Saadi.
De acordo com a rádio pública israelita, Sider era procurado, nomeadamente, por suspeitas de ter organizado o atentado com um carro armadilhado ocorrido em Hebron, a 15 de Novembro de 2002, que causou a morte a 12 israelitas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)