Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Itália: Aliado de Berlusconi admite que governo pode cair

O chefe do partido italiano da Liga do Norte, Umberto Bossi, aliado do governo de Silvio Berlusconi, admitiu esta terça-feira que o executivo corre o risco de cair, face ao desacordo sobre a idade da reforma e as pensões.
25 de Outubro de 2011 às 16:35
Governo e aliados da Liga do Norte estão em desacordo sobre idade da reforma e pensões
Governo e aliados da Liga do Norte estão em desacordo sobre idade da reforma e pensões FOTO: Francois Lenoir / Reuters

"Desta vez a situação é muito perigosa", sublinhou Bossi, que afastou a possibilidade de se criar um executivo de transição.

O conselho de ministros extraordinário que decorreu na segunda-feira terminou sem que fosse aprovada uma das reformas económicas exigidas pela União Europeia a Berlusconi e que o primeiro-ministro italiano devia apresentar no Conselho Europeu de quarta-feira.

"Vou analisar as propostas que me fizerem", disse Bossi, defendendo que um acordo sobre as reformas continua a ser "muito difícil".

Para Bossi, está fora de questão o aumento de 65 para 67 anos da idade de aposentação e a de tocar nas pensões que permitem a reforma a partir dos 60 anos com 36 anos de descontos e a qualquer idade a partir de 40 anos de descontos.

"Posso negociar, mas até aos 67 anos não posso chegar. Não posso tocar nas pensões que estão no seu sítio e aumentá-las até aos 67 anos para agradar aos alemães", comentou Bossi.

beerlusconi rossi itália governo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)