Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Itália pode ir a eleições

A solução para a crise política italiana pode passar pela convocação de eleições antecipadas. O Presidente da República retomou esta segunda-feira as consultas com os partidos políticos, que devem terminar amanhã.
28 de Janeiro de 2008 às 14:05
A Liga do Norte, partido aliado ao líder da direita Silvio Berlusconi, pediu a Giorgio Napolitano que convoque “eleições imediatas”. No entanto, a UDC, de centro-direita, apelou à formação de “um governo de apaziguamento”, como forma de solucionar a crise.
A nova lei eleitoral de Itália define que os partidos devem coligar-se para concorrer às eleições. O Chefe de Estado italiano opõe-se ao regresso às urnas sem a reforma deste modelo, dado que o sistema conduz a maiorias frágeis e ingovernáveis.
Romano Prodi esteve 20 meses à frente dos destinos de Itália, mas acabou por sucumbir a uma moção de censura.
Ver comentários