Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Italianas enganadas

O presidente líbio, Muammar Khadafi, aproveitou a deslocação a Roma, onde participou na Cimeira sobre a Alimentação da ONU, para tentar converter beldades italianas ao Islão.
17 de Novembro de 2009 às 00:30
Muammar Khadafi falou às convidadas dos encantos do Islão e da Líbia
Muammar Khadafi falou às convidadas dos encantos do Islão e da Líbia FOTO: Massimo Percossi/Epa

A agência Hostessweb recebeu a incumbência de contratar 200 jovens entre os 18 e os 35 anos com pelo menos 1,75 metros para participarem num evento, em troca do que receberiam 60 euros e alguns presentes líbios. Uma única condição: não podiam usar roupa com decotes ousados nem mini-saia.

O recrutamento foi fácil, já que as jovens estavam convencidas de que iam participar numa farra. Foi uma desilusão quando depois de chegarem a uma villa em Roma tiveram de ficar à espera do anfitrião – que não sabiam que era Khadafi –, com apenas um copo de água na mão... E pior ficaram quando este chegou e começou a falar dos encantos do Islão. Ao cabo de duas horas de seca, levaram para casa os 60 euros e um exemplar do Corão.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)