Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Japão aplica pena de morte a homicidas

Três homens condenados por homicídios múltiplos foram executados no Japão, naquelas que são as primeiras execuções desde Julho de 2010.
29 de Março de 2012 às 16:08
“Sei que há polémica sobre a pena de morte, por isso estou a ouvir as opiniões a favor e contra e, até chegar a uma conclusão, tenho de cumprir as minhas funções”, afirmou o ministro da Justiça, Toshio Ogawa
“Sei que há polémica sobre a pena de morte, por isso estou a ouvir as opiniões a favor e contra e, até chegar a uma conclusão, tenho de cumprir as minhas funções”, afirmou o ministro da Justiça, Toshio Ogawa FOTO: Reuters

Yasutoshi Matsuda, de 44 anos, foi executado em Fukuoka, Yasuaki Uwabe, de 48, morreu em Hiroshima e Tomoyuki Furusawa, de 46, em Tóquio. Nenhum deles teve aviso prévio sobre o dia da execução, como prevê a lei japonesa.

“Sei que há polémica sobre a pena de morte, por isso estou a ouvir as opiniões a favor e contra e, até chegar a uma conclusão, tenho de cumprir as minhas funções”, afirmou o ministro da Justiça, Toshio Ogawa, adiantando, apesar disso, que 85% dos japoneses são favoráveis à pena capital.

japão pena de morte execução homicídios condenados fukuoka tóquio
Ver comentários