Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Japão: Único sobrevivente de bombas atómicas morre

O único homem que conseguiu sobreviver às bombas atómicas lançadas nas cidades de Hiroshima e Nagasaki a 6 de Agosto de 1945, durante a segunda guerra mundial, morreu esta quarta-feira, aos 93 anos, vítima de um cancro no estômago, informou a edição online de 'O Globo'.
6 de Janeiro de 2010 às 15:02
Japão: Único sobrevivente de bombas atómicas morre
Japão: Único sobrevivente de bombas atómicas morre

Tsutomu Yamaguchi terá contraído a doença após ser atingido pelas elevadas doses de radiação libertadas pela explosão.  

Yamaguchi era um engenheiro nipónico de 29 anos que se encontrava em Hiroshima por motivo de negócios quando a primeira bomba caiu, vitimando 80 mil cidadãos. Tinha acabado de sair de um táxi, a cerca de três quilómetros da zona de impacto, e ficou com os tímpanos feridos e o tronco completamente queimado.

Foi de imediato transportado para o hospital, onde recebeu assistência médica. Três dias mais tarde, ao procurar um novo tratamento em Nagasaki, a aviação norte-americana largou a outra bomba, que ceifou mais 70 mil vidas, excepto a de Yamaguchi, que voltou a sobreviver à destruição.

Decorridos vários anos, viria a contar a sua história à imprensa britânica, revelando que a causa da sua enfermidade se devia à radiação proveniente dos bombardeamentos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)