Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Japonesa morre de frio após 15 anos fechada pelos pais

Casal foi preso por abandono de cadáver.
26 de Dezembro de 2017 às 17:04
Polícia japonesa
Polícia japonesa
Polícia japonesa
Polícia japonesa
Polícia japonesa
Polícia japonesa

Uma mulher japonesa de 33 anos morreu de frio na semana passada após ter estado mais de 15 anos num quarto fechada pelos pais, em Neyagawa. O casal confessou ainda às autoridades que alimentava a filha "uma vez por dia" e que a mantinham num quarto com três metros quadrados desde os 16 ou 17 anos.

De acordo com as autoridades locais, os pais prenderam Airi Kakimoto por a jovem ter uma doença mental que a tornava violenta.

O corpo da mulher foi removido no passado sábado pelas autoridades e, segundo a autópsia, Airi congelou até à morte e estava num estado de extrema desnutrição, pesando apenas 19 quilos.

As autoridades acreditam que a japonesa de 33 anos já se encontrava morta desde o passado dia 18 de dezembro e que alguma feridas no corpo provam que teria estado acamada.

Yasutaka Kakimoto e Yukari Kakimoto, pais da jovem, relataram a morte da filha às autoridades e foram presos por abandono de cadáver, segundo avança o jornal The Japan Times.

Neyagawa Yasutaka Kakimoto Airi Kakimoto Yukari Kakimoto The Japan Times questões sociais morte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)