Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Jihadista morto a tiro no Canadá

Radical islâmico atropela soldados e foge.
Francisco J. Gonçalves 21 de Outubro de 2014 às 13:02
O carro do fugitivo só se imobilizou depois de se despistar numa curva
O carro do fugitivo só se imobilizou depois de se despistar numa curva FOTO: REUTERS/Christinne Muschi

Dois soldados canadianos foram atropelados nesta segunda-feira por um desconhecido em St-Jean-sur-Richelieu, no Quebeque. Identificado ontem como Martin Couture Rouleau, de 25 anos, o jihadista foi perseguido e morto pela polícia, que diz tratar-se de um jovem "radicalizado".

Um dos soldados sofreu ferimentos graves e está internado. O segundo teve somente contusões ligeiras.

Um membro da família de Rouleau assegura que foi influenciado por radicais islâmicos.

Depois de atropelar os soldados num parque de estacionamento, Rouleau fugiu do local e foi perseguido pela polícia a grande velocidade durante cerca de quatro quilómetros. O carro do fugitivo só se imobilizou depois de se despistar numa curva e capotar várias vezes.

O fugitivo sobreviveu ao acidente e tentou fugir a pé, sendo nessa altura alvejado e morto pelos agentes da autoridade.

Martin Couture Rouleau jihadista
Ver comentários