Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Jimmy Carter: "Hamas disposto a negociar paz"

O antigo presidente norte-americano Jimmy Carter, que efectua uma jornada diplomática não-oficial no Médio Oriente, afirmou esta segunda-feira em Jerusalém que o movimento islâmico Hamas está disposto a aceitar um acordo de paz com Israel.
21 de Abril de 2008 às 11:40
Jimmy Carter
Jimmy Carter FOTO: D.R.

Estas declarações surgem depois de encontros mantidos na Síria por Carter com líderes do Hamas, iniciativa que lhe valeu duras críticas por parte dos governos norte-americano e israelita. Em relação a esta divergência, o político afirmou que a recusa de dialogar com o movimento Hamas constitui um problema que dificulta as negociações de paz.

O Hamas não travará os esforços realizados pelo líder palestiniano Mahmmud Abbas, mas insiste que qualquer decisão negociada deve ser submetida a referendo, esclarece Carter. Ainda no âmbito dos acordos de paz, Carter afirmou que a Síria demonstra interesse em que os EUA assumam um papel activo nas negociações com Israel.

 

Outro dos temas abordados na reunião de Carter com os líderes do Hamas foi o soldado israelita capturado por elementos do movimento islâmico na fronteira de Israel com a Faixa de Gaza em 2006, sendo que o Hamas prometeu que deixaria Gilad Shalit (o soldado capturado) enviar uma carta aos pais.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)