Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

João Paulo II está recuperar muito bem

“O Papa está em nítida recuperação”, garantiu ontem o presidente da Câmara de Roma no final de uma visita à Clínica Gemelli, onde o Sumo Pontífice foi submetido a uma traqueotomia na passada quinta-feira.
3 de Março de 2005 às 00:00
Walter Veltroni, que não chegou a visitar João Paulo II no seu quarto, adiantou ter recebido esta informação de Stanislaw Dziwisz, secretário particular do Papa, e também de Leonardo Sandri, o cardeal que o tem substituído na leitura do Angelus sempre que a doença o impede.
“Vim para testemunhar uma vez mais toda a simpatia, o afecto, a solidariedade e sobretudo o amor que a cidade de Roma demonstra pelo Papa, Roma na qual o Papa é cidadão de honra”, sublinhou o presidente da Câmara da capital italiana.
Ontem, quarta-feira, foi um dia diferente no Vaticano, uma vez que a audiência semanal do Papa não se realizou. Os peregrinos foram até à Praça de São Pedro, rezaram fervorosamente mas não houve quaisquer manifestações de alegria, como é habitual.
Aliás, a pouco mais de duas semanas do início da Semana Santa, a Santa Sé tem já três planos preparados para o Santo Padre. Se ele ainda estiver internado, poderá acompanhar as cerimónias pela televisão e a sua imagem será projectada em écrãs gigantes perto do Coliseu. O mesmo acontecerá se o Sumo Pontífice já estiver no Vaticano, mas não puder participar activamente nas celebrações. Se o Papa estiver no Vaticano e desejar participar na Via Crucis romana, esta poderá ser excepcionalmente transferida para a Praça de São Pedro.
Refira-se que o Papa tem recebido muitas visitas nos últimos dias, sinal de que está a melhorar francamente. Aliás, os médicos afirmam que João Paulo II está a recuperar mais depressa do que se esperava.
Ver comentários