Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Jornalista assassinado no Afeganistão após ameaças dos talibãs aos 'media'

Nemat Rawan tornou-se o nono repórter a ser morto no país no último ano.
Lusa 6 de Maio de 2021 às 15:19
Jornalista
Jornalista FOTO: Getty Images
Um conhecido jornalista afegão foi assassinado esta quinta-feira em Kandahar, um dia depois de os talibãs terem feito uma ameaça velada aos 'media', tornando-se o nono repórter a ser morto no país no último ano.

O jornalista Nemat Rawan foi até ao mês passado o apresentador de um popular 'talk show' na Tolo News, a maior estação privada de notícias do país, antes de ter ingressado no gabinete de comunicação do Ministério das Finanças.

"Foi assassinado por atiradores desconhecidos", disse o porta-voz da polícia de Kandahar, Jamal Nasir Barekzai, referindo-se àquele que foi o nono profissional de informação a perder a vida num atentado no Afeganistão, no último ano.

Afeganistão Kandahar distúrbios guerras e conflitos crime meios de comunicação
Ver comentários